Entrevista na SIC

by Jose Baptista | June 2nd, 2012

Para os Vilanovenses que não assistiram, e para os leitores em geral, quero aqui dizer que foi para mim gratificante assistir na SIC á entrevista do nosso conterrâneo e amigo JOÃO COSTA PINTO, dada pelo jornalista e economista daquela estação televisiva JOSÉ GOMES FERREIRA.
Á matreirice jornalística, e ao profissionalismo do jornalista em matéria económica-financeira, soube o nosso conterrâneo e amigo João, responder com serenidade, conhecimento e bom senso.
Distanciando-se da crítica fácil e dos predicados pessoais para onde por vezes o jornalista o queria levar, o nosso doutor Costa Pinto, soube responder com sabedoria, elegância e fino trato ás perguntas colocadas, dando uma lição de como se deve gerir uma empresa, sobretudo quando esta é um Banco e pertence a muitos milhares de pequenos investidores, que dele necessitam e o querem sadio para desenvolver os seus pequenos negócios.
Para os que não saibam, o BANCO CAIXA AGRÍCOLA CENTRAL, é presidido pelo João e gere todas as suas filiais espalhadas pelo país, tendo sido o único ou dos poucos Bancos que no ano fiscal de 2011, apresentou lucros, e cumpre com folga e por mérito próprio com as directivas europeias em termos de sustentabilidade bancária, sem necessidade de pedir aos sócios que aumentem o seu capital.
A SIC conhecedora do perfil e dos atributos pessoais e profissionais do nosso conterrâneo, e pelos factos atrás apontados, quis trazer para o grande público a informação dos porquês desta proeza, tendo tido nas explicações do entrevistado as respostas adequadas, dadas como atrás dizemos com serenidade, conhecimento do que está a falar, e muito bom senso.
Tivesse-mos tido nós portugueses, governantes sábios, prudentes e com espírito de serviço pelos seus concidadãos, e certamente não estaria-mos mergulhados na crise em que nos encontramos.
João, pelo teu sentido de responsabilidade, pelo teu profissionalismo, e por ti mesmo como pessoa, mereces bem ser apontado como um exemplo a seguir pelos teus colegas de profissão, que deveriam olhar para quem com parcos meios financeiros, comparativamente á maioria dos banqueiros da nossa praça, foi capaz de em tempos difíceis saber gerir convenientemente a empresa que lhe entregaram para o efeito.
Continua como sempre foste, um profissional competente e cuidadoso, um homem clarividente e um amigo de Vila Nova, que também precisa de ti, não só nos Bombeiros mas em outras esferas que a ajudem a encontrar caminhos que a levem a recuperar algum do seu desenvolvimento e características d’ antanho.

Um abraço para todos

Jose Baptista da Silva

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Categorias