VILA NOVA PERDEU MAIS UM FILHO ILUSTRE

by Jose Baptista | July 29th, 2016

13716122_589508881220414_7620360637364968006_n

Era conhecido detodos os vilanovenses residentes, a saúde precária do nosso conterrâneo Alberto “Julião” como melhor era conhecido o Dr. Alberto Jorge Martins.
Por ter ficado por Vila Nova e terras circunvizinhas no exercício das suas actividades profissionais enquanto professor, bancário e economista, o Dr. Alberto Jorge paralelamente a esse seu desempenho, aceitou sempre com a maior dedicação e empenho, as mais diversas funções em quase todas as Associações e colectividades da nossa terra.
Assim foi no Clube de Futebol ” Os Vilanovenses”, onde durante largos anos deu o seu melhor em prol do desporto local, no que foi acompanhado de perto pela sua falecida esposa Dra . Soledade. Nos Bombeiros, na Banda Filarmónica, na Casa do Povo, na autarquia local, o Dr. Alberto Jorge era pau para toda a obra, sendo incapaz de dizer não ao que quer que fosse relacionado com Vila Nova, as suas gentes e instituições.Mas, a par dessa sua entrega, era visível o seu desapego ás honrarias que por vezes os cargos proporcionam. O Dr. Alberto Jorge sempre cultivou na vida e nos cargos e funções que exerceu uma grande modéstia. Desempenhava os seus cargos como se duma missão se tratasse, disso vindo a ganhar Vila Nova e as suas instituições.
A sua morte foi assim uma grande perda para os seus filhos, netos, irmãos, sobrinhos e amigos que certamente contavam tê-lo ainda muitos anos consigo, dado que com 66 anos de idade, nos tempos que correm, não é uma idade em que se pense morrer. Mas, desde sempre e hoje também, nenhum de nós, nem ninguém sabe ou conhece o dia do seu fim, daí que as surpresas por vezes acontecem, e são bem funestas para os que delas são vítimas.
O nosso conterrâneo e amigo Alberto Jorge partiu. Todos ficámos mais pobres; familiares, amigos e a sua terra. No entanto a sua memória ficará sempre presente, pois que são as obras que perpetuam os homens, e as deste nosso vilanovense também falarão por si, primeiro pelas suas qualidades pessoais, depois por tudo o que fez em prol da sua terra e das suas gentes. A solidariedade de que fez alarde e foi apanágio da sua vida é o grande exemplo que nos deixa e que por todos deveria ser seguido.
Até sempre Alberto Jorge.

José Baptista
Jul2016

Comments are closed.

Categorias